Crônicas busionais #1

[dos arquivos manuscritos do autor de idos de 2013; adições e afetamentos de juízo retificados, entre colchetes]


O folclore busional – ou folclore de busão, para os mais desacostumados, como os solitários motoristas – é uma realidade presente, sobretudo, na ida e volta de grandes distâncias. Uma fórmula matemática verifica que a diversidade cultural (hã?) é mais latente à medida que a distância percorrida aumenta.

Continuar lendo

Crônicas Atrás do Motorista [2]

Diante do fluxo de pensamento incontrolável, eu penso: o que é um busão? Um enlatado sardinhesco terrestre por excelência? Um caminhão de gado? A busca do ponto terminal pelo privilégio do lugar sentado de nada vale quando você tem um ônibus sem freio que pode ceifar tua vida, sem a mínima misericórdia…

Continuar lendo