Minutas de um Executor Oficial

Nota de antecipação: o conto não representa opinião do autor, constituindo-se apenas duma ficção – indesejada, porém necessária – para propósitos que não os literalmente nele explicitados. Nota sobre a nota: parece idiota fazer esse apontamento, mas dado que há ausência de dividir o ficcional de uma vontade de parcela da população atualmente mundo afora,Continuar lendo “Minutas de um Executor Oficial”

À José J. K.

Caro Especialista: para ti tenho um servicinho… Vide esta moça (mostro a foto), Não! Não é execução: trabalho um cadinho diferenciado Porta de entrada, caríssimo pórtico para a paranoia social existente na farmaconspiração. Eis! Madeixas alvas, feito tua Kirsten – hey! Não me aponte essa tua Glock aí – missão: faça-se convalescente feito um desvarioContinuar lendo “À José J. K.”

Uma Carta Solta no Correio

Leia apenas se você tiver estômago forte. Os correios decidiram levar esta carta para uma benzedeira, tamanho o descaso e o negativismo que havia nela. Seria isso uma carta de amor? São Paulo, 22 de Abril de 2011 Olá, querida… Já é a décima correspondência que te mando, e acredito que será sem resposta… SeiContinuar lendo “Uma Carta Solta no Correio”

Alice no País das Maravilhas

Por Lewis Carroll Tradução de Márcia Feriotti Meira Este livro é uma das mais famosas obras-primas da literatura universal destinada ao público infantil. Alice no País das Maravilhas (1865) são fantasias oníricas e lúdicas sobre a realidade e a linguagem. Explorando a aparente ausência de sentido em sentenças gramaticalmente corretas, Lewis Carroll foi um dosContinuar lendo “Alice no País das Maravilhas”