Sobre o grande Hiato das publicações

Hi.a.to (do lat. hiatu) s.m. […] 4. (fig.) Lacuna, falha.

(do dicionário escolar de língua portuguesa Michaelis)


Enfim, me vejo diante destas linhas de edição, após um hiato de pouco muito mais que de quatorze meses. Para quem tinha o costume de acompanhar o que eu tinha a dizer, acho válido ceder algumas explicações a respeito do sumiço autoral.

Quando empreendi os projetos literários Humanidade 11.9 Richter e A Caneta Magnum, encontrava-me num estado de espírito um tanto quanto depreciado. Decerto, muito da atmosfera do ambiente fora a responsável por tal empreitada. Soma-se a isso o som e a fúria que o mundo passou nos idos dos últimos anos, a exemplo de um cataclismo que, de fato, ainda não ocorreu. Incertezas políticas, econômicas, além de algumas frustrações pessoais tomaram-me de assalto a épocas próximas daquela publicação Visionaridade (ou Manifesto Visionarista), que me levaram, ao revés, das mesmas motivações que me colocaram a escrever há onze anos, a não escrever neste mencionado período.

Falta de inspiração não foi o motivo, até porque uma pequena publicação manuscrita fora realizada então. Decerto, ela levou a iniciar novos projetos, os quais vou levar a cabo aqui. Dos citados anteriormente, vou buscar dar uma abreviada. Sim, meus caros! Eles pedem um pouquinho de volume escrito, e ainda me vejo decidido a continuá-los, como há de parecer necessário. Decerto, o sentimento impresso neles não será o mesmo; é necessário um afastamento pessoal de um ódio que, preclarado, não me pertencia desde então e nem agora me venha a pertencer.

Julgo mais por conta de percalços técnicos a não-continuidade dos projetos. Desprovido de certos equipamentos um pouco antes, acredito que as artes, que tanto ajuizava inserir como um plus a mais, não vão estar disponíveis por um curto espaço de tempo… Demos jeito em casa de estragar a multifuncional que ajudava tanto no processo (!), mas no final tudo se resolve. Outro dos percalços, para quem mais me conhece, a ausência da internet em domicílio, tenho melhores previsões de que, após mais de três anos na contenda, venha a se resolver logo.

Em outros pontos a se assuntar, vejo conveniente reler o modo de conduzir este meu projeto outrora batizado 35º Fonema. Nada de reinícios, apenas releituras de como reamarrá-lo. Contando os mais de quinze anos em intimidade com a informática, é fato que, a esta altura, deveria promover um meio mais hipertextual de experienciar o que já fiz nestes, corridos (nossa! Agora que venho a notar!!) dez anos que pitacos vem e vão adentrar a internet, até assumir a série de projetos literários (muitos, confesso, inacabados) que empreendi aqui. Tal modo de pensar vem do fato de algumas matérias que fui fazer na ECA e deram alguns parâmetros do que se pode esperar da internet, num provável futuro, para costumeiros usuários finais.

Enfim, nessa retomada, quero poder cumprir com uma expectativa pessoal de retomar a frequência de publicação, considerar a maturidade psíquica que me fiz valer através de algumas gerências de saúde pessoal nesse tempo de hiato, e adicionar nestas páginas virtuais os merecidos escritos poéticos que esse período me proporcionou. Adiantá-los aqui sem eles estarem concretamente é chover especulações a quem ainda faz fé me ler, depois de tanto tempo sem publicar nada. Vai aqui o pedido para ficarem atentos às novidades.

E, como não poderia deixar de ser, cada uma destas notas vem findadas com uma sugestão musical, um pouco mais ímpar do que vocês estão acostumados…


Ouvindo... Justin Timberlake: Mirrors [Kizomba Remix]

Nota adicional: minha sorte foi esta nota, escrita em setembro último [de 2016], ter permanecido após eu quase dispensar meu preferido editor WYSIWYG de vez. Em caixa, creio ter ainda cerca de umas duas ou três publicações desse meio tempo a trazê-las ainda a vocês. Smiley piscando

Anúncios

Agora o Brejo do Sapinho é 35º Fonema

35F2011_LogoSmiley confuso Quem tem acessado o 35º Fonema no Blogspot ou o Brejo do Sapinho no WordPress deve ter se deparado com esta nova página, mais clean e estilosa. Na verdade, este blógue é a herança unificada de todos os meus projetos literários na internet, salvo a USPianeia.

Pois bem… Nesta manhã, fiquei muito feliz ao saber que podia migrar o conteúdo de 73 posts do Blogspot Smiley de boca aberta na maior tranquilidade, e por haverem muitas resenhas que combinavam muito bem com algumas resenhas publicadas no BS, não fiz por má fé aglutinar tudo em um só lugar… Mesmo até porque gerenciar um blógue é tarefa árdua hoje em dia, dois nem se fala… Três, redes sociais e outros abagulhados então. Nhé-nhé

Mas aos que estão acostumados aos velhos endereços, não se preocupem. Manterei por um bom tempo os velhos domínios, até porque para quem tem ainda acesso aos links redutores em meu twitter, não dê rápida falta deles por causa de link quebrado.

Aos que acompanharam por bons anos o velho dominio brejodosapinho, meu muito obrigado pelas mais de cinco mil visitações, desde a época do Windows Live Spaces.

Aos que acompanharam o 35F do Blogspot, muito obrigado também pelas mais de 1000 visitas documentadas nas estatísticas.

Que essa nova fase seja mais produtiva para nós todos. E se você quiser saber o que foi tema do 35º Fonema no Blogspot, procure pelas tags Email 35F dentre os mais de 400 artigos em meu arquivo (à direita, em Na Gaveta).

Abraços a todos, e nos vemos com muito mais conteúdo por aqui.


Ouvindo... Bob Dylan: Desolation Row

É Olímpico!

Quatro anos que passamos juntos!

Da redação do BS


Parece que foi ontem… o que são quatro anos na vida de alguém? Pode ser uma faculdade [não feita, como no caso do editor que vos fala…]. Na vida de um país? Uma gestão

Minha empreitada, como vocês sabem, se deu há algum período maior, com outro projeto, aqui neste provedor de blógue mesmo… Mas devido a uma inconsistência dos assuntos que deviam ser tratados, minei o projeto por terra. Reiniciei do zero neste bem-sucedido projeto que há mais de quatro anos viu a transformação de seu colaborador maior.

Todos os aqui que passaram e acompanham estão fartos de saber que o Possante Suco de Tangerina foi o divisor de águas de minha carreira. E sem falar que houveram outros projetos muito bem sucedidos como os Radares Musicais, bem como outros que irão precisar de um novo vigor, tal qual Karta Citina.

Mas um fato em meu caminhar neste terceiro ao quarto ano foi sucinto e necessário para que eu crescesse como pessoa: o ingresso à USP, o contato com outros prolíficos escritores amadores – que, estimo e muito, tornem-se referência de tempos vindouros – está me fazendo um amadurecimento estilístico imenso. Que vos digam meus colegas dos SM (Soluços Malabartísticos), cujo contato freqüente está sempre provendo muitas experiências, afora a apropriação de elementos essenciais para me vislumbrar criticamente como escritor. Tenho muito a ganhar com esse novo fôlego universitário.

Recentemente, como uma parte integrante de um projeto de exclusividade, e voltado aos meus colegas de universidade, tenho a USPianeia, audacioso projeto em retratar em decassílabos brancos tudo que for possível retratar no convívio dos colegas (e haja a inspiração das Musas…)

No mais, continuo conduzindo, embora com uma certa escassez, as minhas crônicas do 35F, os meus devaneios criativos aqui, e agora, todo o pano de fundo da minha USPianeia.

A todos, minhas saudações desta nova etapa que se inicia.

Ó, mamãe... A chuva tá chegando, viu?

Terra Preta Piemontense

Estudante de letras pela FFLCH – USP, e escritor amador.


Ouvindo... Oasis: The Girl in the Dirty Shirt

Triênio

Porque três anos são muita coisa…


star São três anos juntos, compartilhando das mesmas experiências juntos, contando causos e outras peripécias da vida pessoal e literária própria. Serão, em breve, quarenta e seis álbuns de música resenhados, mais de dez livros de filosofia, e dezenas de outras novidades que – espero – poder contar a vós, comunidade internética.

E, para sintomática comprovação de minha existência – causa primeira da existência de meu blógue – deixo plausível minha autêntica imagem de escritor.

Imagem 002

smile_teeth Aguardem por mais novidades em breve. E saudações a todos pelas 5200 visitas em todo esse período.

Recado aos Colegas da Rede Live

Aviso Importante De Um Amigo


Venho por esta pequena nota avisar que nos próximos dias estarei organizando meus contatos de rede do serviço Live, e por necessidades pessoais, estarei eliminando alguns contatos "mortos".

Vale considerar, queridos leitores, que no período em que este espaço era particular, permiti que algumas pessoas pudessem conferir os conteúdos, visto a reciprocidade de alguns artigos que havia escrito na época. Como tornei este material público (salvo ressalvas descritas logo acima), talvez não haja mais a necessidade de comportar leitores ocasionais.

Isso não quer dizer que desconsiderarei as pessoas por motivos particulares. Para fins de esclarecimento, estarei eliminando os contatos que não atendem às seguintes condições:

  • Contatos que mantenham um espaço com conteúdo no Live Spaces, mesmo desatualizado;
  • Contatos aos quais já tenha conversado alguma vez pelo Messenger;
  • Amigos físicos, da vida real; e
  • Contatos identificados com imagens expressivas.

Caso desejem continuar a manter vínculos comigo e com este espaço, favor regularizar sua situação, adequando-se a uma das condições descritas acima.

De toda maneira, desejo a todos felizes experiências na internet, seja no ambiente Live ou fora dele.

Minhas estimas a todos.


Aviso de Cocheira

Imagem 

provisória ilustrativa do Grupo Filosofia Brasil. Convido a todos os interessados em Filosofia que possuam Messenger (MSN) a ingressar no grupo Filosofia Brasil, o primeiro do gênero no novíssimo serviço Live Grupos no país. Clique no link ou na imagem aqui próxima. Você precisa possuir uma conta no Windows Live (sua conta de Hotmail é o suficiente).


Aos amigos próximos da querida Cidade da CatenáriaOsasco – e a outros Osasquenses interessados no assunto, dedico um grupo especial para fins de Filosofia, em moldes parecidos ao Filosofia Brasil.

Imagem ilustrativa do grupo Philosophia Osasco. É o Philosophia Osasco!

Clique na imagem próxima ou no link logo acima. Assim como todo ingresso na rede Live, você precisa ter uma conta de Hotmail ou Messenger ou no Spaces.

Espero por vocês, conterrâneos osasquenses, sempre!


Ouvindo... Brian Wilson: Heroes and Villains

Vamos que vamos…

Este ano…


O ano que virá reserva surpresas diversas!

Estou trabalhando intensamente num projeto filosófico. O princípio do tal já ocorreu em outras oportunidades. Agora é só esperar e engessar seu conteúdo.

Karta Citina continuará, é claro!

Só que tudo correrá com mais lentidão… Mas esperem até eu obter uma banda larga novamente!

Por ora é só! Estou num local onde cada segundo é utilíssimo.


Ouvindo...The Clash: Train In Vain