Não foi um. Não foi uma. Foram três.

Troféu SapinhoQuestões de Boleiros…


smile_party Festa! smile_shades Curtição?

smile_embaressed Vergonha? smile_sad Condenação.

Existiram diversas histórias no futebol desde o tempo em que Galvão Velho falava "Sai que é tua, Jaguaré!"…

Todas elas feriam o senso comum.

A maior característica comum a todas elas é que elas tornaram célebres futebolistas em todo o mundo iguais ou mais decréptos que nós, humildes trabalhadores.

Recentemente ouvimos mais uma dessas histórias. Não vamos ficar discutindo a veracidade, as preferências sexuais e o discutível passado.

Simplesmente iremos dizer que nosso herói brasileiro está submisso a uma coisa que quem abdica da privacidade para se tornar pessoa pública – afora-política: opinião plúbica.

Sendo assim, então por que nosso personagem figura aqui na nossa seção Troféu Sapinho? Simplesmente, por que, inconscientemente, seu instinto de levar um sapo teve de se manifestar para que ele pudesse figurar aqui. Nem tanto pelo que ocorreu agora. Mas pelo passado.

Levou toco da nossa outra ensapada Cicarelli.

Embuchou toneladas. Agindo assim, acaba caindo no caminho do Maradona.

A idade tá chegando… Pelo menos mais rápido para os joelhos e outras articulações de alta pressão.

Por tantos méritos acumulados, Ronaldo, nosso Troféu Sapinho irá para ti, peixe. E não é – tanto – por causa de um jogo de bolas múltiplas. Isso não dá sapo. Dá zebra!


Ouvindo... Zion Y Lenoxx: Perdoname

Troféu Sapinho: Dois

Um caso de não-preservação de imagem

Da redação do BS


"Esta menina muito despojada, alegre e de sorriso generoso, está pretendendo mover céus e terras em busca de algo inusitado: destruir sua própria imagem, ou melhor dizendo, as imagens.

Depois de condicionar fisicamente um jogador de futebol, que hoje está descondicionado depois da efêmera ‘juntação’ das escovinhas de dentes… depois de unir vários casais, nem que sejam por efêmeros segundinhos no divã da psicologia rápida não-teórica superprática da terapia do chupão… teve sua vez no campo das ‘espiadelas não autorizadas’.

Sim! Essa garota foi incluída involuntariamente numa produção independente open-public act e não gostou muito da história. Conseguiu, ainda que por poucas horas, a interromper a programação de um conceituado canal alternativo de televisão not-pay-per-view.

Mas não é por isso que ela recebe nosso Troféu…

Discorrem fatos não comprovados, que ela precisou escolar-se em Direito, garantindo que quando formar-se, terá uma cliente garantida. Para saber quem é ela, procure conhecer a dita aspirante a advogada e leve-a a um espelho [logicamente, a cliente não será você minha leitora].

Pela necessidade, ela precisou sentar na cadeira escolar para aprender. Por isso ela foi contemplada com nosso Troféu Sapinho.

Cissi!!! Esse prêmio é para você!!!"


 Estamos ouvindo: Eldorado FM 92,9 São Paulo… MPB das boas.

E até a próxima premiação!

[…] Sobre os Frangos

Da Redação do BS


Frango, s. m. Filho da galinha, já crescido mas que ainda não é galo; (bras.) no futebol, bola fácil de defender, que o arqueiro (goleiro) deixa passar.


 Finalmente a intenção deste blog vêm a tona. Esta é nossa primeira premiação dada neste site.

"Existem certas coisas que amamos no futebol: um bom voleio do craque sobre os zagueiros do adversário, uma caneta sobre um meia esperto, um belo chapéu sobre o goleiro e a deixadinha pro fundo do gol… coisas do futebol-arte… coisas que vimos [ou não] sobretudo em épocas de copa, onde todo brasileiro como eu, julga-se ser um bom técnico.

Mas há lances muito feios no futebol. E são de dois tipos: feios-horríveis e feios-cômicos.

Pretendia premiar Zidane com o Troféu Sapinho, mas não achei conveniência para fazer tal premiação, pois levar sapo implica em embaraços que a gente ache graça, e não o contrário [além de ter ‘zidanado-se’, ficou sem Troféu, sem taça e sem graça]. Taql atitude anti-desportiva devia ser premiada com nada!!!

Mas vamos ao feio-cômico. Vi o lance, e pretendo compartilhar a informação com vocês. [Fonte:  Globo Esporte na Internet]

Sim!!! É pra esse goleiro amarelado cujo lance o amarelou comicamente que vai o nosso primeiro Troféu Sapinho. E de lambuja, a Inglaterra nesse dia perdeu de dois a zero para a Croácia."


 

Batida louca:  Blur: Crazy Beat