Colonturmérico

Que vá! Longe! Meu filho!
Meu pai! Meu pai!

Que não faça com que me humilho!
Meu pai! Meu pai!

Que não entrones na taça de vinho!
Meu pai! Meu pai!

O que eu pensei no meu ninho!
Meu pai! Meu pai!

Que vá! Longe! Meu filho!
Meu pai! Meu pai!

Plantar sabugos de milho!
Meu pai! Meu pai!

Criar uma dúzia de novilho!
Meu pai! Meu pai!

Fazer do filho o pai com brilho!
Meu filho! Meu filho!


Ouvindo... Aulas sobre Pessoa.

Publicado por oristanioscapp

Escritor dos subúrbios, com um toque de bucolismo.

%d blogueiros gostam disto: