Confissões [11]

Ai, amiga… Confesso que esperei tanto por ti, mas nem sei bem se te conheço mais… Tua rotina é tão diferente da minha, a distância aparenta ser tão grande agora, os ambientes que nos cercam estão cada vez mais menos convidativos, seus intuitos e projetos são ligeiramente diferentes dos meus… A gente combina, mas não combina. A gente se complementa, enfim?

Queria um abraço mais apertado de você agora, mas a minha vida não permite mais dar atenção a você, justo pelos mesmos motivos que eu… Sei lá, essa época eu prevejo que será de resguardo… De um grande resguardo, solitário e sempre, meu e teu, um para com o outro.

E a criatividade para o período pouco ajuda nesse momento. Um discurso seco impera diante de mim. Dai-me as tuas cores, amiga. Querida amiga…


Ouvindo... Elton John: Western Ford Gateway

Publicado por Potingatu

Bacharel e Licenciado em Língua Portuguesa (2010-7), FFLCH / FEUSP. Aspirante-a-mestre-acadêmico não-qualificado em Filología e Estudos do Discurso em L. P. (idem, 2017-8). Pesquisador juramentado diante do MCTI de Marcos Pontes e com préstimos ao 🇧🇷. Sigamos!

%d blogueiros gostam disto: