Segunda Quinzena de Setembro

Não há tantas novidades que eu lembre para o período em questão. Talvez fique mais latente lembrar de coisas das quais não foram citadas noutras semanas:

  • O concerto no auditório do campus Anotação;
  • Os sonhos inonimáveis (bonitinhos, mas estranhos – e assustadores, segundo envolvidos neles) Smiley surpreso;
  • O teorema da banana, da Erika, Mnemosine encarnada Smiley nerd;
  • O Piauí tem uma namorada (Piauí é um senhorzinho insano que sempre circula de queixume nas sociais)… Smiley surpresoSmiley surpresoSmiley surpreso Fala sério: isso é bizarro Smiley confuso.
  • A difusão das LIBRAS pela Elô, sorrisos em evidência, dentro do nosso grupo de colegas Cumprimento de amigo;
  • Os trabalhos em avanço na IC minha – a passos vagarosos, sim, confesso, mas há um curso normal a conduzir também Escola;
  • O chá chinês de presente dado pela charmosa professora de literatura portuguesa Xícara de café;
  • Vi o Antonio Candido a pouquíssimos metros de mim… Só vi. Conversar ou ouvir, fica pr’outros quinhentos… Smiley triste

Acho que isso basta como excepcional para os relatos. A propósito, para os que acompanham aqui. A composição referente a esse período atual, vou realizar de uma só assentada – é a pretensão – no final do período, já em férias, com a finalidade de concatenar ideias.


Ouvindo... Love: Revelation [Mono Mix]

Publicado por Potingatu

Bacharel e Licenciado em Língua Portuguesa (2010-7), FFLCH / FEUSP. Aspirante-a-mestre-acadêmico não-qualificado em Filología e Estudos do Discurso em L. P. (idem, 2017-8). Pesquisador juramentado diante do MCTI de Marcos Pontes e com préstimos ao 🇧🇷. Sigamos!

%d blogueiros gostam disto: