Afinal, por que da USPianeia?

Os motivos que me levaram a conduzir este ambicioso projeto


Talvez alguns de vocês se perguntem: por que fazer uma epopeia sobre uma faculdade. Taí uma pergunta que vez ou outra fica me permeando. Mas acredito ter sempre a resposta:

Alguém se lembra – se for nascido em fins dos oitenta – do Doug Funny (dos noventa, à propósito), e de seu diário? Eu sempre quis conduzir um projeto parecido em minha vida.

De fato, tentei em meados de 2003, sem sucesso. De tanto desabafo, meu diário – virtual – acabou por ser consumado em cinzas – ou melhor, foi reciclado na lixeira do Windows.

Em 2005, comecei um diário, à mão… Meio aos avessos, também… Mas foi endireitando-se, conforme o tempo, e virou publicação em meu BS sob a égide da 27L.

E uma fase tão importante da minha vida como a estadia no curso de Letras merecia registro semelhante, daí ir fazê-lo na forma de “meio-poesia”.

Aos que o conhecem, sabem que os escopos por trás da USPianeia serão os cursos que por lá conduzir. Logo, o tempo narrativo abrangido será tão-somente o tempo que continuamente lá permanecer. E, considerando não haver nenhum empecilho durante meu trajeto neste curso de Letras, serão no total dez semestres registrados. O foco narrativo privilegiado, de fato, será o meu, visto que não posso adentrar na consciência dos meus colegas. Mas, sempre que possível e permitido, fatos relevantes dos meus colegas serão especificados aqui também.

A ideia fundamental para a produção da USPianeia foram as minhas aulas de Estudos Clássicos do primeiro ano. Por volta de abril ou maio de 2010, senti-me impelido a fazer a obra. Material tenho de sobra… Bastava definir o estilo, o que não foi muito difícil: era apenas inspirar-me nos modelos neoromânicos clássicos, e elegi o decassílabo como meu preferido para tal missão.

E o resultado parcial vocês podem conferir neste blógue, que servirá de anteparo aos projetos afins – como foi a Elopeia – e a tudo relacionado com a USPianeia.


Ouvindo... Kraftwerk: Homecomputer

Organizei um espaço definitivo neste blógue para você baixar a USPianeia. Logo à direita, no topo.

Publicado por Potingatu

Bacharel e Licenciado em Língua Portuguesa (2010-7), FFLCH / FEUSP. Aspirante-a-mestre-acadêmico não-qualificado em Filología e Estudos do Discurso em L. P. (idem, 2017-8). Pesquisador juramentado diante do MCTI de Marcos Pontes e com préstimos ao 🇧🇷. Sigamos!

%d blogueiros gostam disto: