Alice no País das Maravilhas

Por Lewis Carroll Tradução de Márcia Feriotti Meira Este livro é uma das mais famosas obras-primas da literatura universal destinada ao público infantil. Alice no País das Maravilhas (1865) são fantasias oníricas e lúdicas sobre a realidade e a linguagem. Explorando a aparente ausência de sentido em sentenças gramaticalmente corretas, Lewis Carroll foi um dosContinuar lendo “Alice no País das Maravilhas”

Videocast da Temporada

O #Fiasco 7 Em mais um videocast: As expectativas que não cessam ; Um balanço permanente dos tempos de férias (feitorias e não-feitorias); Projetos iniciados, como a Terra Animaldita: A falta de planejamento para um videocast decente (ou o metavideocast) ; Coisas que deveria ter cuidado mais, conforme metas que estabeleci em determinados traçados queContinuar lendo “Videocast da Temporada”

Radar Musical: Cinquenta e Três

Tim Maia Tim Maia (1970) [Polydor, estúdio, relançado pela abril coleções] Interessado em conhecer mais da discografia de Chico Buarque, da qual há muito tempo havia coletado aquele incrível álbum contendo “A Banda”, descubro que a coleção havia cessado nas bancas – com uma periodicidade semanal, acredito que só fãs reais puderam cumprir o objetivoContinuar lendo “Radar Musical: Cinquenta e Três”

Resenhas Filosóficas: Dez

Um Manual para a Masculinidade Erótica KIERKEGAARD, Sören; Diário de Um SedutorISBN 85-7232-525-5Trad.: Jean MelvilleEd. Martin ClaretSão Paulo, 2002 Misture a confiança de um sujeito em seu repertório argumentativo, e o frescor juvenil de uma moça ainda não experimentada: eis a receita que é feita de escopo a obras como essa. O teólogo e filósofoContinuar lendo “Resenhas Filosóficas: Dez”

Afinal, por que da USPianeia?

Os motivos que me levaram a conduzir este ambicioso projeto Talvez alguns de vocês se perguntem: por que fazer uma epopeia sobre uma faculdade. Taí uma pergunta que vez ou outra fica me permeando. Mas acredito ter sempre a resposta: Alguém se lembra – se for nascido em fins dos oitenta – do Doug FunnyContinuar lendo “Afinal, por que da USPianeia?”

Terra Animaldita #001

   Flane Phoenix é um fotógrafo e jornalista que foi enviado para fazer uma reportagem em Sumidouro, um lugarzinho nos cafundós do mundo…       Mal ele sabe que entrará de cabeça na história de sua vida… Aguardem pela publicação seriada em lotes de seis quadrinhos – sem periodicidade específica – para saberem no que essaContinuar lendo “Terra Animaldita #001”