Elopeia (vv. 17-33)

... empossa alegria efusiva constante / radiante existir, olhos fechados... (vv. 22-3)

Como a conheci, fruto do acaso nossos caminhos
deus-em-máquina intento havia disposto
e humilde manifesto este há-de inaugurar em próprios sonidos
houveram titubeios nesta investida em riscoso
encontro daquela alma presente desde então singela
que, não mais, empossa alegria efusiva constante
radiante existir, olhos fechados congraçam amarela
como o Sol, do dia imponente, firme e fulgurante.
Conta teu secreto objetivo – não há descer incólume
anjo dos celestes antros, destinos irresolutos
corrupção mundana dos terrestres colossos vis absolutos
mostraram capazes desvirtuar-lhe nobre…
mas nada que torne diamante em parca resma cobre.

Você é tão bela: seria demais perguntar
donde és, qual sua ascendência, quem está em íntimo contato
garanto nada mais segundos: fato
fortuito jamais interfira neste inocente reparar?


Ouvindo... Farruko: Ella No Es Fácil

Publicado por Potingatu

Estudante de Língua Portuguesa e Linguística pela FFLCH - USP (2010-5), entusiasta e experimentador do máximo de artes que for possível.

%d blogueiros gostam disto: