Tristão e Isolda

Lenda Medieval Celta


O amor impossível de Tristão e Isolda inspirou poetas, escritores, pintores e músicos da Idade Média e dos tempos modernos. Tornou-se, por exemplo, tema de uma das mais famosas óperas de Wagner.

Tristão e Isolda são os trágicos protagonistas de uma história medieval de amor baseada numa lenda celta.

As inúmeras versões francesas que a imortalizaram e a divulgaram em outros países são o testemunho do fascínio e encantamento que a história de Tristão e Isolda produziu sobre o espírito medieval e de nossos tempos.

Esta versão que ora oferecemos ao leitor brasileiro foi baseada nos fragmentos de Béroul, Thomas (troveiro anglo-normando do século XII), Gottfried von Strassburg e nos trabalhos do francês J. Bédier, um dos mais importantes pesquisadores modernos da lenda de Tristão e Isolda.

Fonte: Divulgação / Editora Martin Claret


Lendas de amor, apesar de hoje em dia não parecerem mais valorizadas como antigamente, constituem um material original e interessante em ser avaliado e apreciado. Tudo o que se considera romance hoje em dia – inclusive o produto do mais baixo nível na categoria, as novelas – bebe desta fonte. [Inclusive Romeu e Julieta, do qual vivi um personagem em teatro, e que, embora poucos admitam, acredito que teve sua base aninhada com esta lenda.]

Talvez esse inatingível objetivo a ser alcançado – o amor idealizado – seja um dos fatores a não conduzir mais tantos entusiastas entre as massas para estas histórias que, embora recheadas de elementos cujo nosso conhecimento chega por via de obras derivadas, recheiam nosso imaginário. Pela sua simplicidade, esta versão oferece menos foco em detalhes e mais atenção às ações dos personagens, o que oferece diversas possibilidades para outras artes desenvolverem obras e conteúdos baseados na lenda.

A sorte e a desventura são dois elementos que oscilam continuamente durante o decorrer da obra. Dir-se-ia, nos tempos atuais, que Tristão é um sujeito de sorte e, ao mesmo tempo, azarado. A cadência de acontecimentos que carregam Tristão e Isolda, desde que eles passam a tomar a poção do amor eterno permite que o leitor de primeira viagem não estime o final da história até que este lhe seja apresentado plenamente. Portanto, vale a pena dedicar a leitura.

Avaliação

starstarstarstar e 1/2



Ouvindo...e vendo... Lady Gaga: Paparazzi @MTV World Stage

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s