Radar Musical: Trinta e Seis

Yes - 90125 Yes

90125

[ATCO, estúdio]


Este, junto com a aquisição anterior, foi fruto de uma visita à Galeria do Rock. Este em específico, lembro o exato local: a clássica e famosa Baratos e Afins. Estava eu procurando algo de realmente interessante, sobretudo na linha de progressivo, e que não fosse Jethro Tull necessariamente.

Entre tantas tentações de álbuns originais que dificilmente se acha nas lojas comuns, como King Crimson, Tangerine Dream (que, aliás, seria um mau negócio) e o próprio Yes em formação clássica, o álbum em questão era o único com preço agradável. Os outros custavam mais que a coletânea dupla mais cara que havia comprado!

E, melhor tenha sido assim. Descobri ainda outras músicas desta formação mais pop do Yes. Músicas mais digestas que certas suítes que críticos ferrenhos costumam atacar – que também tem seu valor.

Setlist

  1. Onwer Of A Lonely Heart: há algo mais que umas linhas de progressivo. Sei lá… Talvez uma tendência Hard. Um aspecto pop. O mistério é grande, e esta chama a atenção.
  2. Hold On: a voz, inconfundível. Cadência ritmada. Os ataques de guitarra bem colocados. Os teclados fazendo o tempero.
  3. It Can Happen: os teclados à moda do oriente conferem característica ímpar à canção.
  4. Changes: um jogo rápido instrumental, depois uma canção com um sentimentalismo oculto e uma atmosfera tenebrosa, mas sempre convidativa.
  5. Cinema: instrumental que mostra ainda a ampla capacidade criativa da banda por arranjos incríveis.
  6. Faixa de destaque Leave It: toques de psicodelia numa canção assumidamente progressiva. Os teclados que o digam!
  7. Our Song: mesmo os teclados sobressaindo sobre as guitarras, o resultado como uma canção pop progressiva é imbatível.
  8. City Of Love: os graves de guitarra garantem peso, em contraponto com a leveza vocal de Anderson. Mais uma vez, os teclados fazes papel de elo musical.
  9. Hearts: um clima natalino no princípio da música? Não! É uma genuína e crescente canção progressiva que ganha força conforme o seu passar encerrando o álbum com categoria.

Criativo

E isso é uma afirmação. O álbum parece curto, mas em se tratando de progressivismo, se houvesse mais algum tempo, com certeza perderia propriedade.

starstarstarstarstar


Technorati Marcas: ,

Ouvindo... Yes: Owner of a Lonely Heart

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s