Resenhas Filosóficas: Três

É Tudo uma Questão de Definição?

Capa de livroResumo de livro. Fonte:

Email Nietzsche,
Friedrich;

A Genealogia da Moral

ISBN 85-7556-665-2

(Zur Genealogie der Moral)

Ed. Escala, 2007


Email Ibiúna, quinta-feira, 12 de março de 2009

A questão primordial, desde
tempos remotos na filosofia, é definir a veracidade e a
idoneidade do conceito de bem, de mal, do conveniente e do
incoveniente sobre a espécie humana. O autor, como de seu
costume, coloca à mesa estas questões novamente em
xeque, mesmo que à sua maneira, impingente e estarrecedora.

É fácil fazer a análise,
utilizando-se de cadeias lógicas de pensamento entrelaçadas
e delas concluir que o conveniente ao homem é o exercício
do mal. Mas convenhamos que este é apenas um filósofo
que implica nas conseqüências do ato em si sob o uso
próprio – talvez até possua a razão, mas nos
traços da coletividade, ao menos fere o bom senso.

Traçar poeticamente as questões
propostas na obra oferece aforismos – próprios do autor –
cuja beleza prolixa põe em evidência a validade
filosófica de tais conceitos. Afinal: prover-se do sofrimento
é um benefício a si próprio?

Estrutura: LâmpadaLâmpadaLâmpada e ½

Clareza: Boca abertaBoca abertaBoca aberta e ½

Conteúdo contestativo:
BravoBravoBravoBravo

Avaliação final:
EstrelaEstrela e ½


Não estou ouvindo músicas agora…

Publicado por Potingatu

Estudante de Língua Portuguesa e Linguística pela FFLCH - USP (2010-5), entusiasta e experimentador do máximo de artes que for possível.

%d blogueiros gostam disto: