Capítulo Cinquenta e Quatro

Preguiça de Escrever (Adendo III)

lightbulb Parte integrante do projeto 27L blog-papel


envelope Osasco, terça-feira, 27 de fevereiro de 2007

E depois de mais de um mês tentando, sem êxito, retornar à Matemática, vem aquela dúvida terrível: o que fazer para ocupar meu tempo? [afora cuidar da casa com o vassourão]

Talvez sejam perguntas que possam ser respondidas apenas no mês que vem [ou na próxima escrita, tamanha seja a "grande" freqüência que faço aqui]…

Mas deixemos de lado atos fora de sucesso. Vamos fazer um balanço imaginativo de minha vida. Posso, por mais algum tempo, dar-me ao luxo de acordar um pouco mais tarde, embora isso possa acarretar alguns pequenos prejuízos na minha escala do dia que, além de conter a varreção do nosso reduto familiar, conteria cerca de uma hora e meia de umas práticas pessoais que andei comprometendo-me a fazer comigo mesmo.

Ah… E meu espaço na internet vai só de vento, faltando a polpa. Está meio igualado a um diário particular, pois escrevo, escrevo, e não recebo feedbacks [até aquela época] de possíveis leitores que eu tenha [ou paraquedistas internéticos que lá caem devido a buscas por nome de artistas ou, ainda, do melô do sapinho]. Mesmo assim, não deixo de escrever, mesmo que sejam só um conjunto de palavras organizadas filosoficamente. Sem falar que compartilho gostos musicais e artes minhas no espaço que naquele mundo digital tenho.

E voltando ao assunto "faculdade", hoje, mais uma vez, é dia de consulta com o psicólogo. Estou aqui, entre as mesas na área de convivência, ouvindo o grande Ronnie cantarolar Ivan Lins e a discutir vários assuntos pertinentes à nossa realidade [sem falar das lições e estórias que dialogamos] enquanto meus colegas progridem na Matemática.

E lá vem mais uma daquelas perguntas sem respostas imediatas: quanto tempo levarei para concluir a Matemática? Mas a vida passa, como diz o Ronnie.

E olha que interessante: tem velhos amigos na UNIFIEO. Assim é Osasco, ao lado de uma metrópole e tem mais jeito de cidade de interior… Encontra-se todo mundo no shopping, do outro lado da cidade…


Ouvindo... Deep Purple: Slow Train

Publicado por Potingatu

Bacharel e Licenciado em Língua Portuguesa (2010-7), FFLCH / FEUSP. Aspirante-a-mestre-acadêmico não-qualificado em Filología e Estudos do Discurso em L. P. (idem, 2017-8). Pesquisador juramentado diante do MCTI de Marcos Pontes e com préstimos ao 🇧🇷. Sigamos!

%d blogueiros gostam disto: