Trigésimo Quinto Fonema, Ensaio Dois

Matrizes


Estou de volta, menos preto no branco. Resolvi minha questão de binarismo convertendo tudo no decimal, adicionando o sortudo oito dos chineses. Mas agora me vejo no velho problema computacional.

Ah, sim, me sinto preso a essa grade de Matriz… Veja.

Não que isso seja ruim… Até que me acostumei rapidinho, mas queria ter mais espaço. Eu sou regular no formato, mas queria mais espaço expressivo para meu lugar-comum.

Essa coisa de viver situado a uma sistemática, sempre regrado o tempo todo… Concorda comigo que isso não é sempre uma pedra no sapato?

Pelo menos resolvi esse problema mais rápido. Tornei minha ótica mais dinâmica. Pois o sistema, já esse eu não consigo mudar, o meu ponto – entendeu? Ponto [risos] – de vista sobre ele vai além da raiz da questão.

Vai ver, por isso me chamo Rooty. Vou direto ao ponto em questão.


Ouvindo... Happy Mondays: Monkey In The Family

Publicado por Potingatu

Estudante de Língua Portuguesa e Linguística pela FFLCH - USP (2010-5), entusiasta e experimentador do máximo de artes que for possível.

%d blogueiros gostam disto: