Trigésimo Quinto Fonema

Procura-se um simbolismo Depois da letargia, vem sempre a recomposição O Autoc então procura começar a se reorganizar, frente à sua nova realidade. Mas como? Teria então que se desfazer dos mais ortodoxos e clássicos valores. Não por que eles eram mais incorretos, mentirosos ou impugnantes… Apenas porque eles já não tinham identidade com ele.Continuar lendo “Trigésimo Quinto Fonema”

Trigésimo Quinto Fonema

Primeiro Passo: Perder-se! Todo projeto tem um início [dãr]… Esse aqui, no entanto, não tem objetivo final: ele é muito metamórfico. Tudo começa quando o desencontro das idéias é pertinente. O auto-crítico é bombardeado por crises de impassividades. Seu companheiro, o exo-crítico, se dissipa da face da Terra por alguns dias. O primeiro então depara-seContinuar lendo “Trigésimo Quinto Fonema”