Troféu Sapinho: Dois

Um caso de não-preservação de imagem

Da redação do BS


"Esta menina muito despojada, alegre e de sorriso generoso, está pretendendo mover céus e terras em busca de algo inusitado: destruir sua própria imagem, ou melhor dizendo, as imagens.

Depois de condicionar fisicamente um jogador de futebol, que hoje está descondicionado depois da efêmera ‘juntação’ das escovinhas de dentes… depois de unir vários casais, nem que sejam por efêmeros segundinhos no divã da psicologia rápida não-teórica superprática da terapia do chupão… teve sua vez no campo das ‘espiadelas não autorizadas’.

Sim! Essa garota foi incluída involuntariamente numa produção independente open-public act e não gostou muito da história. Conseguiu, ainda que por poucas horas, a interromper a programação de um conceituado canal alternativo de televisão not-pay-per-view.

Mas não é por isso que ela recebe nosso Troféu…

Discorrem fatos não comprovados, que ela precisou escolar-se em Direito, garantindo que quando formar-se, terá uma cliente garantida. Para saber quem é ela, procure conhecer a dita aspirante a advogada e leve-a a um espelho [logicamente, a cliente não será você minha leitora].

Pela necessidade, ela precisou sentar na cadeira escolar para aprender. Por isso ela foi contemplada com nosso Troféu Sapinho.

Cissi!!! Esse prêmio é para você!!!"


 Estamos ouvindo: Eldorado FM 92,9 São Paulo… MPB das boas.

E até a próxima premiação!

Publicado por Potingatu

Estudante de Língua Portuguesa e Linguística pela FFLCH - USP (2010-5), entusiasta e experimentador do máximo de artes que for possível.

%d blogueiros gostam disto: