O Vigésimo Sétimo Fonema: Dezoito

Balanço


"O ano de 2006, para mim, mostrou-se surpreendente. Muitas coisas que seguiam o mesmo padrão há anos, mudaram discretamente e discernivelmente recentemente. Tal como a 89 FM, que deixou de ser estritamente Rock; da MTV, que mandou Edgar e Didi para os canais da Globosat. Da construção da linha amarela do metrô, que certas vezes prejudica o tráfego do centro da cidadela ‘minúscula’ de São Paulo…

Enfim, o mundo muda, e mais uma vez, não me adaptei a essas mudanças como queria. Foi o melhor estilo Chaves do ‘foi sem querer querendo’ em que acometi alguns minúsculos atrasos em minha vida… por sorte, nada irreversível… compensa-se o tempo extra de férias que arranjei para mim, para organizar alguns conceitos de cunho filosófico e pessoal válidos para minha continuidade.

[comunidade internética, espero que no ano que virá eu possa ser melhor expressivo sobre mim mesmo, mas sou grato pelas mais de 700 visitas e agregações feitas por você, mesmo que isso possa parecer um amontoado de palavras juogadas ao vento…]

E meu diário físico escrito, o projeto ambicioso do Vigésimo Sétimo Fonema continua como o título: indiscernível e misterioso. Para falar a profunda verdade, ele está há mais de um mês numa mesma página. Talvez seja falta do que dizer, ou mais específico, do como dizer. Afinal teve o fim de semana, já descrito aqui em outra oportunidade, nesta seção do ambicioso VSF [uma redução prática do Vigésimo Sétimo Fonema] sobre minha experiência de Guia de Solo Sagrado. Valeu uma boa conversa com meu psicanalista, bem como umas boas dicas por parte dele sobre como administrar toda essa energia Chuqueberrista para boas atitudes e atividades saudáveis, sem risco à moral e os bons costumes, e mais especificamente ao bom senso.

  • Espero poder escrever mais no ano que virá;
  • Desejo sociabilizar-me mais, principalmente com meu sonho de fazer iniciação teatral;
  • Fazer novas amizades com a turma de Guias do Solo Sagrado;
  • E evitar fazer certas coisas que paralisem meu percurso na Matemática;

Entre outras coisinhas mais… Enfim, fazer do ano de 2007 um ano de comunicação e relacionamentos amigáveis e duradouros. E fazer de minha caminhada um pouco menos filosófica e mais prática."


Felicitações

Comunidade Internética, que me acompanhou nos bons momentos de notícia, que acompanhou-me nesta jornada de pouco mais de meio ano de publicações irreverentes, irrelevantes, esquizofrênicas [quanto ao propósito deste espaço, que mudou relevantemente durante todo esse tempo] ou filoso-embricadas, nestas mais de setecentas visitas, requisições, agregações, argumentações e pela procura do desconhecido Melô do Sapinho, o qual ainda ninguém me apresentou consideravelmente.

A todos estes leitores, minhas sinceras saudações, feliz Natal e Ano Novo, com muita saúde, paz, prosperidade, champagne e vinho [tomem por mim…] e meinhas penduradas na churrasqueira, para ver se o Papai Noel experimenta descer nela e queimar o popozão [pfffs… eu sou uma graça]. Para vocês, meus leitores, sinto que é muito importante o poder da palavra escrita, mesmo que enigmaticamente complicada. Mas o mais importante, como alguém já dissera em tempos antigos:

‘Não acredite em tudo o que ler
mas, mesmo assim, continue lendo.’

[E alguém, por favor, ajude a descobrir quem insinuou tamanha idéia inteligente]

No mais, tenham uma boa vida."

 


 Warrant: Cherry Pie [e a gata do clipe desta música é show, ainda mais no top vermelho e na bermudinha e dançando]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s