O Vigésimo Sétimo Fonema: Dezessete

De Fatos em Fatos


"Fim de ano está chegando… hora de avaliarmos positivamente todas as nossas conquistas e aprendizados… hora de expectarmos objetivos para o ano seguinte.

Eu, por exemplo, estou otimista com o ano que passou, apesar do ‘Chuqueberrismo’ que me afastou por mais um semestre da Matemática tão estimada por mim. Mas tenho uma convicção de origem Divina que início deste ano que virá estarei continuando, sem mais interrupções, os meus estudos para tornar-me um ditador [digo… professor. Com essas coisas não se brinca…] amigável com meus alunos.

Quem diria… eu atuando como professor… houveram pessoas em minha vida dizendo que somente os malas viram professores. Será que sou, de uma maneira positiva, um destes malas?

Mais uma vez são perguntas sem respostas…

Importante é que no espaço de um ano, possa eu estar preparado para enfrentar o sistema educacional com criatividade [venha esta ao meu encontro] e bom humor; coisas que poderão estar abatidas pelas novas gerações ultra-liberais nas classes de aula.

Mas, claro, isso só é uma preocupação, ou um acaso minúsculo para gerenciar no ano que virá [e, lógico, a assalariação que há tempinhos almejo ter].

E outras boas novas virão. Estou confiante disso, pois há Alguém lá em cima que dará apoio para isto [precisa dizer Quem? O maiúsculo já denuncia]."


 Bon Jovi: Misunderstood

Publicado por Potingatu

Bacharel e Licenciado em Língua Portuguesa (2010-7), FFLCH / FEUSP. Aspirante-a-mestre-acadêmico não-qualificado em Filología e Estudos do Discurso em L. P. (idem, 2017-8). Pesquisador juramentado diante do MCTI de Marcos Pontes e com préstimos ao 🇧🇷. Sigamos!

%d blogueiros gostam disto: