Ouvido na Radiola

Quais São as Novas Correntes Musicais dos Tempos Recentes?

O famoso duelo artesanal vs. eletrônico


"A Música talvez seja um dos maiores dissensivos de nossa sociedade, e isso podemos falar com certa razão. Mas, se pensarmos melhor, que seria do mundo sem música?

Portanto, não vamos entrar em picuinhas sobre gostar ou não de Música… Não? Sim? Talvez? Eu digo: com certeza. Só sei que essa digitalização de acervo, samplers e coisinhas do gênero estão desqualificando o trabalho bem artesanal feito pela mão daqueles que gastam seu sangue [muitas das vezes, entrenebrecido por esse cruel dualismo da Vida] sobre neste que é o seu sustento.

Falo, com propriedade, do Reggaeton. Ele até que é bem bacaninha, faz um quebra-gelo no pancadão carioca e ainda é uma ‘bacanese’ interessante. Ele segue injetando-se na alma Américo-Latina, e caras como Cabal aqui no Brasil já sacaram a deixa do movimento, após a entrada de Daddy Yankee no nosso cenário nacional, com seu splanghish de Gasolina, incitando o consumo de tal petróleo-derivado. Bom, você pergunta: ‘E aí?’

Eu digo que não é nada. E o Reggae Raiz brasileiro já está se artesanando com a Tribo de Jah [vééééééé…] e, não espere muito, Ivy Queen aparece nos escores nacionais [pelo menos, aqui aos redores do Bunker da Área 27 (19-21), já tá garantida a introdução desta mulher de graves].

[…]

Textos vazios, sem muito conteúdo… Favor, alguém tem uma linha de costura para cérebro? O meu precisa de uma costura urgente… As metades estão escorregando para os lados…"


Put Your Records On [O nome dela já ví, mas não lembro]

E uma boa semana para todos. Até uma próxima oportunidade.

Publicado por Potingatu

Bacharel e Licenciado em Língua Portuguesa (2010-7), FFLCH / FEUSP. Aspirante-a-mestre-acadêmico não-qualificado em Filología e Estudos do Discurso em L. P. (idem, 2017-8). Pesquisador juramentado diante do MCTI de Marcos Pontes e com préstimos ao 🇧🇷. Sigamos!

%d blogueiros gostam disto: