Momento Poesia Capítulo Um

Um Grande Otelo


Lindas Bolotas

28 de Novembro de 2002

Ao ver teus olhos, os meus se fecharam
Conheci neles minha felicidade
mas as falhas da mocidade
sua vontade pelos meus renegaram

Teus olhos, tão lascivos
mais lindos que o mármore
considero-os não como barganha

Mas perto, tornam-se longínquos
mal vê os meus detrás da árvore
vejo os seus após três montanhas

Os meus abriram e os seus fecharam
congelaram em mim sua alegria
percebi quando eles me encontraram
que sempre de Amor sofria.


 White Stripes: There’s No Home For You Here

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s